Top

5 dicas para recuperar carrinhos de compra abandonados

Um dos maiores erros de quem possui um e-commerce é ignorar os carrinhos de compra abandonados, ou seja, os pedidos não finalizados. Muitos são os motivos que fazem os clientes desistirem da compra, como formas de pagamento, prazos para entrega, cadastros muito extensos e o valor do frete, que normalmente costuma ser o grande vilão das lojas online.

A receita pode aumentar em 56%, já que muitos clientes procrastinam negociações.

Uma pesquisa realizada pelo E-Commerce Radar apontou que mais de 80% dos carrinhos de compra são abandonados, mas mesmo a taxa sendo alta, é considerada normal por especialistas. Então como agir diante dessa situação e fazer com que a taxa de conversão aumente?

1.  Analise a experiência do usuário em seu site

A chamada UX (User Experience) pode ser sua aliada para reduzir o número de desistências. Fatores como falta de informação, carregamento lento das páginas e preenchimento de formulários, são pontos negativos para a navegação do consumidor, fazendo com que ele migre para outras lojas. Facilite o processo de checkout, pois quanto mais simples a finalização, mais provável será a conclusão da compra.

2.  Remarketing

Essa técnica é utilizada para atingir usuários que já tiveram algum contato com a marca. Eles serão impactados por anúncios do Google Ads em sites e redes sociais, lembrando-os do produto que despertou o interesse deles anteriormente.

3.  E-mail

É a forma mais comum de retomar as negociações com o potencial cliente. Procure criar mensagens persuasivas, com conteúdos interessantes, relembrando sobre esse carrinho. Você pode oferecer benefícios como descontos, cupons, frete grátis, para que o usuário se sinta atraído a finalizar a compra. Pesquisas da Return Path apontam enviar três e-mails desse tipo podem fazer a receita aumentar em 56%, já que muitos clientes procrastinam negociações.

4.  Crie um senso de urgência

Dito que os usuários costumam prolongar o prazo para finalização da compra, crie mensagens que digam a eles que o estoque está chegando ao fim ou que o desconto expirará em determinado tempo, por exemplo.

5.  Invista no atendimento

Hoje em dia o consumidor sente a necessidade de um atendimento cada vez mais personalizado, ainda que em ambiente online. Uma seção de dúvidas frequentes – apesar de essencial -, não é suficiente para deixá-lo satisfeito. Com um chat online você pode responder as dúvidas do cliente imediatamente e, mesmo após a conversão, essa ferramenta pode ser usada para esclarecer dúvidas do pós-venda. Bom atendimento é um passo em direção a fidelização do cliente.

Email
Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp

Deixar comentário.


versão - outubro 2018